Ficha técnica

Composição: José Luis Braga
e Luiz Gabriel Lopes
Voz: José Luis Braga
Guitarra, baixo e violão:
Luiz Gabriel Lopes
Programação, samples e sintetizadores:
Rafael Fantini
Produção Musical: Rafael Fantini,
José Luis Braga e Luiz Gabriel Lopes
Gravação e mixagem: Rafael Fantini,
na Serra do Cipó
Masterização: John Ulhoa,
no estúdio 128 japs
Coro: Nara Torres, Patrícia Tavares,
Roberto Benatti, Rafael Fantini
Part. Especial (voz): Fernanda Takai

Manifesto Verbo Gentileza 2021
Movimento criado por:
Patrícia Tavares,
Fina Nicolai e Erlana castro
Produção: Verbo Gentileza
Música: Revolução Gentil
Videoclipe: Benatti Films
Filmagem: Roberto Benatti
e John Ulhoa
Direção: Roberto Benatti
e Patrícia Tavares
Captação e edição: Roberto Benatti
e Clyver Henrique
Design: Hardy Design e Mellina Farias
Distribuição: Deckdisc
Direção de Produção: Fina Nicolai
Produção Executiva: Deborah Rocha
e Dani Lages
Produção: Helthon Andrade
Comunicação: Augusto Nascimento
e Paula Meireles
Gestão Cultural: Através e Afinal

Convidados: Andres Holguim,
Alessandra Ferreira, Atila Godinho,
Anderson Meirelles,
Bruno Gabriel de Matos, Bryan
Calebe, Carlos Alberto dos Santos,
Danilo Ferreira, Dilene da Costa,
Fabrício Alves, Lara Valente,
Márcia Santana, Maria Aparecida Silva, Mel Paixão, Silvana Gomes,
Natália Moreira, Vera Lúcia Barbora,
Walisson Pereira, Walter Pereira
e Uiara Rodrigues
e Paulo Augusto de Paiva Silva.

Verbo Gentileza 2021

Nunca o futuro esteve tão presente como agora.

O colapso sistêmico que estamos vivendo nos oferece uma última chance de reinventar,em um curtíssimo prazo, um futuro próspero e, ao mesmo tempo, capaz de regenerar o meio ambiente e a nossa sociedade. Para nós do Festival Verbo Gentileza, essa é a equação mais complexa que a humanidade já teve de resolver e, talvez por isso, não se fale em outra coisa.

Tamanha destruição criativa sugere um rearranjo radical, que rompe com as premissas pré-existentes e valida as novas, além de nos levar a um salto evolucionário.

O Festival tem a ideia fixa de que este salto evolucionário se dará a partir da gentileza. Mas não pensamos na gentileza como etiqueta. Pensamos essa postura como ética, a manifestação de nossa empatia essencial em intenções, gestos e ações. Entendemos a gentileza como uma linguagem universal humana, um código de convivência, colaboração e comunicação gentil, de gente para gente.

Acreditamos que essa é a manobra mais radical de todas: desintermediar as nações, as profissões, as condições, os estilos, as instituições e todos esses protocolos para reconectar gente com gente, direta e naturalmente. Tudo isso por meio da empatia essencial, com ou sem a ajuda da tecnologia. A gentileza como senha na co-criação desses novos futuros.

Precisamos urgentemente de uma Revolução Gentil.

Festival Verbo Gentileza 2021

Manifesto Verbo Gentileza 2021
Revolução Gentil

Nesse caminho cheio de curvas na busca de um mundo mais gentil, abrimos o peito, chamamos uma turma de gentis revolucionários e criamos nosso manifesto em letra e música.

Galeria

Movimento Gentileza

Verbo Gentileza: Porque a gentileza é uma ação que transforma o mundo

O projeto Verbo Gentileza foi criado em 2016 a partir do desejo de ESCUTAR E CONVERSAR com a cidade e seus habitantes. Naquele momento, nos reunimos com inúmeras pessoas e grupos, representantes dos mais variados projetos que acontecem em Belo Horizonte, para escutá-los e conhecer seus planos e desejos na construção de uma cidade mais gentil e mais empática. Essa primeira troca foi essencial para que entendêssemos como deveríamos atuar na direção de realizar nosso sonho coletivo: uma cidade mais gentil.

Assim surgiu o projeto Ações Gentis, atividades gratuitas, realizadas no espaço urbano, que, além de serem o fio condutor do Verbo Gentileza, buscavam refletir sobre as diversas possibilidades de incentivar e promover a gentileza. 

Em 2017, foi a vez de EXPERIMENTAR e PENSAR. Com a participação da nossa rede de artistas, iniciativas culturais e também de marcas, criamos um novo formato para nosso Festival: mais interativo, com um maior número de atividades e num espaço maior e mais democrático, a Praça Floriano Peixoto.
 
Em 2018, mais conscientes do nosso papel e do nosso potencial de conversar com a cidade, escolhemos o verbo CONVIDAR para guiar nossas ações. Convidamos representantes de diversos movimentos, parceiros e fornecedores para dividir o nosso palco e ampliar ainda mais o nosso alcance e a nossa forma de VER. Nesse mesmo ano, nos unimos a outros projetos com o mesmo sonho que o nosso e começamos a realizar intervenções artísticas e culturais em espaços urbanos diferentes, ampliando ainda mais o alcance, a força e a importância das Ações Gentis como um agente de transformação da cidade que queremos.
 
Em 2019, o verbo REALIZAR foi escolhido para nomear as ações de uma nova fase que inauguramos. Quatro embaixadores, representantes de movimentos da cidade, indicaram projetos culturais, sociais ou artísticos que precisavam de apoio financeiro. A partir dessa importante ação, começamos a colocar em prática um verbo que, desde o início, orienta nosso trabalho: TRANSFORMAR. 

A cada nova edição, aprendemos um pouco mais, ganhamos experiência. No entanto, ninguém estava preparado para uma mudança tão radical como tem sido a pandemia de covid-19.  O mundo inteiro teve que se recolher. E o Verbo Gentileza, que nasceu do encontro e da troca nos espaços públicos, teve que se reinventar, pensar novas formas de existir e continuar fomentando pensamentos e ações gentis. Dessa forma, em 2020, migramos para o formato digital e elegemos o verbo CURAR como inspiração para nossas ações.

Em 2021, continuaremos no formato on-line. Nosso propósito de incentivar atitudes gentis e de criar espaços de convivência mais gentis na cidade foi pensado a partir da ideia de REVOLUÇÕES GENTIS.

Seguimos aprendendo, escutando e dialogando com pessoas, grupos e marcas no desafio inspirador de transformar a gentileza em verbo e, assim, transformar nossos diversos mundos em espaços mais empáticos, gentis e acolhedores.

Quem Somos

O Verbo Gentileza é pensado por três mulheres com histórias de vida e percursos profissionais em constante mutação. Mulheres que acreditam que a gentileza pode mudar as relações humanas e fazer da cidade um espaço mais acolhedor:

Fina Nicolai

Fazedora

Cria e produz eventos há mais de 15 anos na pele da Fina Fazedoria. Um fazer com alegria que conecta clientes aos especialistas certos, que cria oportunidades de relacionamento das marcas com seus diversos públicos de interesse. Ela é a fazedora-mor do Festival Verbo Gentileza.
@finanicolai

Patricia Tavares

Idealizadora do Verbo gentileza

Ganhou o mundo conectando marcas e sociedade há mais de 20 anos. Fundadora e cabeça da Do Brasil Live Marketing e idealizadora do Festival Verbo Gentileza, trabalha para reunir a sociedade, as cidades, as artes, a cultura, as instituições e as marcas na reinvenção de um mundo mais gentil.
@patdobrasil

A cada nova edição o Verbo Gentileza recebe curadoras que ajudam a pensar a programação e as ações. Em 2021, a arquiteta e urbanista Eveline Trevisan e a bailarina Ana Paula Cançado foram as convidadas especiais.

O Festival

O Festival Verbo Gentileza é um acontecimento festivo da cidade de Belo Horizonte. De 2016 a 2019, ele aconteceu no espaço público, reunindo milhares de pessoas em torno de dezenas de atividades culturais, gratuitas e abertas a toda população. Ao longo desse percurso, mais de diversos artistas participaram do Festival, que tem como marca do seu processo criativo a constante reinvenção.

Em função da pandemia da covid-19 e respeitando todos os protocolos sanitários, em 2020 o Festival aconteceu no ambiente digital. Ainda estamos nesse espaço. Acreditamos que, mesmo sem os corpos reunidos, podemos nos mobilizar e projetar juntos mundos mais gentis.

Em 2021, o Festival tem como inspiração as revoluções gentis. A palavra gentil tem na sua origem a palavra gente. Gente disposta a agir e transformar. O que vai nos tirar do lugar onde estamos e nos levar para um futuro melhor é nossa humanidade, nossa gentileza. E, quando falamos em revolução, queremos romper as barreiras atuais, porém de forma gentil, por meio do diálogo e dos bons exemplos que já existem.

Festival Verbo Gentileza 2021 - Revolução Gentil

Em 2021, o Festival Verbo Gentileza apresentou seu manifesto com letra e música. A Revolução Gentil foi o tema central do festival e ainda apresentou os segmentos Cidadania Gentil e Identidade Gentil.

Festival Verbo Gentileza 2020 - Gentileza Cura

Em 2020, em meio a uma pandemia mundial, o Verbo:Gentileza utiliza toda sua bagagem para contribuir para uma necessidade de todos, com uma certeza: a gentileza cura.

Festival Verbo Gentileza 2019 - Realizar

Em 2019, após muita escuta e troca, ele surgiu com uma resposta: contar com a força de pessoas realizadoras, com um objetivo em comum. Deu mais um passo para se tornar uma rede que conecta gentilezas e contribui efetivamente para uma vida urbana melhor.

Festival Verbo Gentileza 2018 - Convidar

Em 2018, já ciente do seu papel transformador, o projeto ganhou contornos de rede. Foi escolhido o verbo CONVIDAR para nortear o conceito do ano. Foi abrindo e aceitando convites que o Verbo: Gentileza se fez mais presente.

Festival Verbo Gentileza 2017 - Experimentar e Pensar

Em 2017, as ideias ganharam mais movimento com formatos, roteiros e interações diferentes.

Festival Verbo Gentileza 2016 - Escutar e Conversar

Em 2016, o Festival apresentou-se à cidade. O público foi convidado a escrever seus anseios e desejos, pessoais e coletivos. Houve escuta, conversa e muita troca de conhecimento.

Programação

23 de setembro - Revolução Gentil

Data + horário + sinopse

23 de setembro - Revolução Gentil

Data + horário + sinopse

23 de setembro - Revolução Gentil

Data + horário + sinopse

Galeria Gentileza

O Verbo Gentileza sempre entendeu que a arte, em suas mais diversas linguagens, é um modo de despertar sensibilidades e provocar pensamento.
Nesse novo formato, criamos a Galeria de Arte, uma ação que tem como objetivo aproximar o público dos artistas e criar parcerias de fomento ao
trabalho de artistas brasileiros, além de ter também um caráter beneficente.

Para isso, estamos criando uma exposição virtual e convidamos o fotógrafo Renato Soares, que vai expor o projeto “Antropologia da Beleza”.
As pessoas interessadas em comprar algum dos trabalhos em exposição poderão entrar em contato diretamente com o autor da obra, por meio do
QR Code no vídeo Um terço do valor da obra será repassado às comunidades indígenas.

Renato Soares
Iniciou sua carreira na fotografia em 1986 e, desde então, realiza viagens para retratar as diferentes formas de expressão cultural dos grupos étnicos brasileiros.
A identificação com o universo indígena vem desde a infância e se consolidou logo nos primeiros contatos com tribos em áreas remotas do Amazonas e também
através da profunda amizade que manteve com o sertanista Orlando Villas Boas.

Atualmente se dedica integralmente ao seu projeto Ameríndios do Brasil, que busca resgatar através da fotografia o que temos de melhor de nossa
cultura ancestral. O trabalho visa à criação e à construção de um grande acervo etnofotográfico brasileiro.

Ações Gentis

Soltando o verbo pela cidade

As ações gentis são ações que acontecem ao longo do ano, mais de uma vez, em lugares diferentes, sempre em parceria com outro projeto, coletivo ou empresa que tenham afinidades com nossos objetivos e que busquem trazer reflexões sobre gentileza no espaço urbano no seu sentido mais amplo e humano. São ações gratuitas, realizadas na cidade, por meio de intervenções para exercitar os verbos REFLETIR, UNIR e SOMAR.

Em 2019, demos um passo adiante. Criamos uma plataforma que reúne e potencializa as ações gentis. Com a ajuda de embaixadores convidados, foram indicados projetos de transformação da cidade que serão os protagonistas das ações gentis deste ano. A ideia é sair da nossa bolha e expandir para SOMAR, impactando mais pessoas e trazendo mais reflexão para a pauta. Não queremos parar por aí, a ideia é que nossa plataforma se amplie e que, em um futuro próximo, se fortaleça como uma rede que conecta marcas, pessoas e projetos gentis, deixando um legado que transborda.

Ações realizadas

Sinopse Um Lambe Por Dia

A intervenção urbana “Um Lambe Por Dia”, do artista Leonardo Beltrão, apresenta trechos da letra da música “Revolução Gentil”, manifesto cantado do Festival Verbo Gentileza 2021, além de pílulas da programação do Festival que estão em diálogo com indicadores brasileiros para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), pensadas a partir das reflexões propostas pelo Festival. Os lambes serão colados em um painel e ficarão em exposição aberta ao público, nos dias 16 e 17 de outubro.

“Revolução Gentil” é uma canção composta por José Luiz Braga e Luis Gabriel Lopes.

Exposição “Bandeiras da Revolução

A exposição “Bandeiras da Revolução” reúne criações dos artistas Aislan Pankaru, Dias Brasil, Efe Godoy e Lavi Israel, todos oriundos de diferentes grupos representativos da sociedade. As bandeiras foram desenvolvidas a partir da Oficina Virtual de mesmo nome da exposição, ministrada pela também artista Marjorie Yamagutti. Além das 4 bandeiras desenvolvidas pelos artistas, a mostra ainda conta com outras duas criadas pelo Festival Verbo Gentileza 2021.

A exposição estreia no dia 16 de outubro, na programação da Virada Cultural de BH.

Oficina Vivência Barbatuques

O Festival Verbo Gentileza continuou suas ações em busca da Revolução Gentil e realizou a oficina virtual gratuita “Vivência Barbatuques”, com os músicos do Grupo Barbatuques Mairah Rocha e Maurício Maas. A atividade foi voltada para profissionais da saúde e estudantes da rede pública de ensino de Belo Horizonte e São Paulo

Rede Gentileza

Explore nossos projetos e faça parte

Quer ficar por dentro das ações do Verbo Gentileza, cadastre-se e receba nossa newsletter